Fita de Moebius

humanismo – política – sci-fi – software livre – achismos

Archive for dezembro \18\UTC 2013

2014: os jogadores estão a postos

Posted by Márcio Gonçalves em dezembro 18, 2013

Desde a última vez que escrevi sobre eleições 2014 (em maio), muita água correu embaixo da ponte. Muita água mesmo.

A eleição presidencial de 2014 vem aí. As peças estão em posição. O objetivo da oposição é tirar do governo o único grupo que fez uma administração com viés desenvolvimentista, nacionalista e de inclusão social no pós-ditadura. No lugar deste governo pretendem colocar um que vai fazer o Brasil entrar no mesmo rumo de Grécia, Espanha, Portugal, Irlanda: arrocho fiscal, recessão, desemprego e desespero.

As peças estão em posição:

FORUM EXAME 2010“Defendendo o título”, Dilma Roussef. Seu maior trunfo? Foi capaz de reagir a uma tentativa de desestabilização chamada eufemisticamente de “jornadas de junho”. Reagiu com plebiscito de reforma política e o programa Mais Médicos. No que não depender do legislativo, vai conseguir fazer alguma coisa. Além disso, aquele pronunciamento após o leilão do Pré-Sal deixou a clara impressão em todo mundo que ela está no cargo efetivamente para fazer alguma coisa pelas pessoas.

Os desafiantes:

Aecio-BebadoAécio Neves: deveria ser o titã da oposição, mas não vai tão longe. Parte da pauliceia não lhe dá crédito. Serra boicota fortemente sua candidatura. Não “passa firmeza”. Provavelmente mudou de marqueteiro por causa disso.

Eduardo Campos: desde que foi “sequestrado” por Marina Silva, corre risco sério de não ser candidato.

marina_silva_01Marina Silva: Se alguém tinha alguma esperança de um governo de centro-esquerda com Marina, é melhor tirar o cavalinho da chuva. É recém-convertida ao “tripé econômico”, quer dizer, dinheiro público para os rentistas e zero para os programas sociais. Assim ela completa o quadro: vai bater de frente com o agronegócio e ferra a indústria. O Brasil vai ficar mais verde. De fome.

serra_careta06José Serra: O Nosferatu da Mooca não morreu! Desistiu da candidatura, mas por tudo que fez até agora, acho que vai perturbar Aécio Neves até o dia da eleição

Em discurso na tribuna do Senado, senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP)Randolfe Rodrigues: a mídia só fala do PSOL quando ele engrossa o coro do moralismo hipócrita do consórcio PSDB-PPS-DEM. Vamos ver se o nome de Randolfe aparece nas próximas pesquisas uma vez que ele foi lançado candidato em 01/12/13. E se o PSOL se toca de como é usado pela mídia oposicionista como linha auxiliar para baixar o sarrafo no governo. Se defenderem posições de esquerda na campanha, vai ser feito todo o contorcionismo possível para que eles não tenham espaço em jornais e TV.

joaquim_barbosa_caretaJoaquim Barbosa: ele será a terceira encarnação do “homem que vai acabar com a corrupção”, no que foi precedido por Jânio Quadros e Collor de Melo. Os blogs que leio acham que a candidatura dele vem só para forçar um segundo turno entre Dilma e Aécio (ou algum outro). Eu penso diferente. Dos oposicionistas, só Barbosa tem condição de mexer com o imaginário popular e conquistar muitos votos com isso, como já ocorreu antes com os “campeões anticorrupção”

os jogadores que não disputam o troféu:

black-bloc-brasil-pstuBlack Blocs: eles voltam na Copa. A “tática de proteção de manifestações” que provoca polícia, que implica com sindicalistas (vide julho de 2013 no RJ), que quer combater o capitalismo quebrando agências bancárias e cobrindo o rosto. Dentre as opções abaixo, escolha qual o efeito da ação dos Black Blocs em 2013:

– O capitalismo sucumbiu?

– A violência policial acabou?

– Sérgio Cabral se tornou inviável eleitoralmente?

Alguma dúvida? Os Black Blocs são sim uma tática – uma tática de desestabilizar ou enfraquecer governos – e serão usados na Copa para atingir o governo federal. Quem sabe eles não decidem acabar com a “farsa burguesa das eleições” e saem quebrando seções eleitorais em 05/10/14?

boateiroA turma da sabotagem e da boataria: eles são o elemento surpresa, o inesperado, o boato do fim do bolsa-família, o apagão em várias cidades, os emails de “Dilma pró-aborto”, e toda uma série de truques sujos que a direita no Brasil usa. É provável que eles tenham mais alguns truques na manga.

Posted in eleições 2014, política | 2 Comments »