Fita de Moebius

humanismo – política – sci-fi – software livre – achismos

Contragolpe

Posted by Márcio Gonçalves em abril 18, 2016

contragolpe

18 de abril de 2016, 01:06

O golpe de Estado acabou de acontecer. O impeachment da Dilma foi aprovado. 367 X 137, com 7 abstenções e duas ausências.

É um momento de tristeza. Uma derrota como essa não é fácil. Um minuto para as lágrimas e lamber as feridas.

Já chorou? Já lambeu as feridas? Então se ajeita que temos muita luta pela frente.

Primeira coisa, o governo Temer é ilegítimo. É fruto das negociações da pior promiscuidade entre o Capital e o Poder Legislativo, conduzidas por um gângster (Eduardo Cunha) contra quem há provas cabais de corrupção e um processo que misteriosamente não avança no Supremo Tribunal Federal. Parece que a essência do governo Temer é a seguinte: fazer tudo que o Poder Econômico quiser, para se livrar das acusações de corrupção. Para satisfazer o poder econômico nacional, “flexibilizar” os direitos trabalhistas. Ou seja, subemprego e precarização das condições de trabalho. Para saciar o capital internacional, privatizar a Petrobrás, permitir a entrega de porções cada vez maiores do pré-sal para estrangeiros. E tornar de uma vez por todas o Brasil, economicamente, uma colônia dos Estados Unidos. Em resumo, o governo ilegítimo do usurpador Temer  tem um programa antiBrasil e antibrasileiros.

Não encontraram crime de responsabilidade contra Dilma, mas vão tentar convencer todo mundo que este é o governo mais legítimo do mundo e vai tomar as medidas necessárias para “acabar com a crise”. A ficção será  patrocinada pelo consórcio que apoia o golpe: mídia, judiciário, polícia federal, ministério público. A “corrupção” vai sumindo do noticiário aos pouquinhos, até que aqueles que foram para rua protestar contra ela se vejam sem ninguém convocando para manifestações “Fora Cunha”. Na verdade, a ficção é a mesma de antes, que muitos acreditaram. Sabe aquela lava-jato que só pegava PT, aquele procurador-geral que alivia pro Aécio toda hora?  É a mesma história da carochinha, só mudou de capítulo.

Por essas e outras, precisamos de uma resposta ao golpe. O contragolpe.

Pra começar, não paremos de falar que o governo foi usurpado e nossos votos foram cassados.

O “Fora Cunha” é imprescindível. Pressionar STF, e justiça para ver se eles vão parar de enrolar.

Precisamos boicotar os produtos que anunciam os principais programas da Globo.

E precisamos de muitas manifestações  contra o governo e uma greve geral. Uma greve geral das boas. De preferência, por tempo indeterminado. Minha vontade era parar tudo até o Temer renunciar, porque, pra começar, ele não devia nem estar lá.

Claro que isso não se consegue num estalar de dedos, mas vamos trocar ideias para realizar o contragolpe.

#foratemer

#cunhanacadeia

#boicoteàglobo

#grevegeralatéotemercair

#contragolpe

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: